Blog

Mamãe

Porque é importante a suplementação na gestação

A falta de nutrientes pode prejudicar a mãe e o bebê

 

Na gestação, o corpo da mulher passa por diversas transformações e exige uma atenção especial. Se alimentar bem é fundamental para conseguir os nutrientes necessários para uma gravidez segura, já que, o estado nutricional da gestante implica na sua saúde e desenvolvimento do bebê.

 

É primordial uma alimentação adequada, um estilo de vida que promova a saúde, com ganho de peso adequado, consumo de alimentos variados e em quantidades apropriadas, suplementação vitamínica e mineral nas doses adequadas e, ainda, o não consumo de álcool, tabaco e outras substâncias potencialmente perigosas.

 

A falta de alguns nutrientes pode trazer complicações metabólicas, cardiovasculares ou endócrinas para o bebê, sendo assim, a suplementação, orientada por um profissional, pode ser uma aliada das mamães.

Importante nessa fase, o ácido fólico é um nutriente essencial para o funcionamento do organismo, evita o deslocamento de placenta, parto prematuro, hemorragia pós-parto, anemia megaloblástica (diminuição de glóbulos vermelhos) e má formação fetal.

 

Outro nutriente importante é o ferro, muitas vezes indicado pelos profissionais de saúde, quando a mulher apresenta nos exames uma pré-disposição para a anemia ferropriva, já que ele é essencial para a formação das células vermelhas do sangue.

 

Confira abaixo outros nutrientes necessários neste período:

 

  • Vitamina A: participa do processo de visão e sistema reprodutor
  • Vitamina C: aumenta a resistência às infecções, auxilia na absorção do ferro, participa da formação de colágeno e do processo de cicatrização
  • Vitamina E: responsável pelo controle das hemorragias e atua como antioxidante
  • Vitamina D: é importante para a formação e reconstituição dos ossos e dentes
  • Tiamina: auxilia no bom funcionamento dos músculos e do cérebro
  • Riboflavina: é necessária para pele e mucosas saudáveis e acelera a cicatrização
  • Niacina: é essencial na obtenção de energia, importante no controle dos níveis sanguíneos de colesterol
  • Vitamina B6: auxilia na prevenção de problemas dermatológicos, circulatórios e neurológicos
  • Vitamina B12: previne a degeneração celular e anemia perniciosa
  • Ácido pantotênico: fornece energia e é importante para o funcionamento do cérebro
  • Biotina: auxilia na digestão de gordura
  • Manganês: auxilia na prevenção de anomalias ósseas
  • Cobre: é importante para o processo de cicatrização
  • Selênio: essencial para o funcionamento normal do sistema imunológico e da glândula tireoide
  • Cromo: melhora a absorção da glicose pelos tecidos
  • Iodo: regula o metabolismo celular
  • Zinco: participa de processos relacionados a imunidade celular

 

Vitaz Mamãe, pensando no cuidado com a mamãe e o bebê, possui todos esses nutrientes em quantidades equivalentes a 100% da IDR (ingestão diária recomendada).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Referências

DIAS, A. M. P. da S. de P.l Nutrição e a Pele. Universidade do Porto. Porto, 2008.

SILVESTRE, M. Suplementação na Gravidez e Lactação. Monografia. Universidade do Porto. Porto, 2007.